PF prende angolanos por suspeita de fraude em saque do auxílio emergencial no RJ

Agentes da Polícia Federal prenderam, na manhã deste sábado (8), quatro angolanos que tentavam sacar, mediante fraude, o auxílio emergencial do governo federal em uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF), na Zona Oeste do Rio. A ação contou com o apoio de policiais militares do programa Barra Presente.

O crime ocorreu em uma agência da CEF bairro do Recreio. Os suspeitos foram presos na Barra da Tijuca, na mesma região.

De acordo com as investigações, a quadrilha estrangeira já vinha sendo monitorada pela inteligência da Delegacia Fazendária da PF, e foi acionada pelo Núcleo de Inteligência da CEF, após a apresentação de documentos falsos na agência.

Os agentes seguiram o grupo até a Avenida das Américas, onde realizaram a abordagem. Com os presos, além dos documentos falsos, foi apreendido o veículo, que ficava escondido na comunidade Parque Pinheiro, no Complexo da Maré, e segundo investigações, foi comprado com CPF falso para ser utilizado exclusivamente na prática do crime.

O subsecretário de Ações Estratégicas da Casa Civil do Governo do Estado, Antonio Carlos dos Santos, destacou a importância do trabalho em conjunto. “Essa ação mostra a integração de duas instituições tão importantes para a segurança pública, que são a Polícia Federal e a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, representada pela nossa Operação Segurança Presente”, destacou.

Os presos presos em flagrante e levados para a Superintendência Regional da Polícia Federal no Centro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *