22/06/2024
Política

Nova Mesa Diretora da Câmara de Campos toma posse

A Mesa Diretora eleita para o biênio 2023/2024 tomou posse em solenidade nesta segunda-feira (02), na Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes. O novo presidente, Marquinho Bacellar (Solidariedade), destacou a união entre os edis e o objetivo de aproximar o Legislativo cada vez mais da população.

Marquinho Bacellar agradeceu as presenças e falou da trajetória até a presidência, destacando também a atuação dos demais parlamentares que o elegeram. “Eu costumo dizer que eu não sei tudo, mas estou pronto para tudo. Eu aprendo a cada dia e onde me jogar, eu vou enfrentar qualquer dificuldade. Eu fui criado assim e assim vai ser”, disse. Ele ainda apontou que a pressão popular é fundamental para a atuação do Legislativo.

“A gente espera, nesses dois anos, ter uma Câmara livre. O nosso desafio, dos 25 vereadores, é trazer de volta a população aqui, para dentro, e estar próximo da população”, afirmou. O presidente ainda deu boas-vindas ao vereador Fred Rangel, que retornou à Câmara Municipal após ter se licenciado para atuar como secretário.

Assinaram o termo de posse durante a solenidade os vereadores que compõem a nova Mesa Diretora: o presidente Marquinho Bacellar (Solidariedade), o 1º vice-presidente Marquinho do Transporte (PDT), o 2º vice-presidente Abdu Neme (Avante), o 1º secretário Maicon Cruz (PSC), o 2º secretário Fred Machado (Cidadania), o 1º suplente Bruno Vianna (PSD), e o 2º suplente Rogério Matoso (União).

Entre as autoridades, participaram da cerimônia o prefeito de Campos, Wladimir Garotinho; o vice-prefeito, Frederico Paes; o secretário de Estado de Governo, Rodrigo Bacellar; os ex-presidentes da Câmara Municipal, Marcos Bacellar e Nelson Nahim; o deputado estadual Chico Machado; o deputado estadual Bruno Dauaire; o presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic), Fernando Loureiro; o presidente da CDL Campos, Edvar Chagas Júnior; o presidente da OAB Campos, Filipe Estefan.

Entre os vereadores, também estiveram na solenidade Igor Pereira (Solidariedade), Dandinho de Rio Preto (PSD), Nildo Cardoso (União), Anderson de Matos (Republicanos), Helinho Nahim (Agir), Leon Gomes (PDT), Kassiano Tavares (PSD), Fred Rangel (PSD), Bruno Pezão (PL), Pastor Marcos Elias (PSC), Cabo Alonsimar (Podemos), Luciano Rio Lu (PDT), e Juninho Virgílio (União).

Presente ao evento, o ex-presidente da Câmara, Fabio Ribeiro (PSD), destacou a união no Legislativo. “Nós vivemos hoje, aqui nesta Casa, um momento histórico. Um momento que concretiza e simboliza uma união. Uma união em benefício do nosso município, em benefício do nosso Estado. Queria dizer, senhor presidente Marquinho, que, mesmo licenciado, estarei à disposição de vossa excelência para o que precisar porque eu sei dos talentos dos vereadores desta Casa”, apontou.

O vice-prefeito Frederico Paes também ressaltou o momento histórico. “Precisamos ter força, fé e união para o bem das pessoas. Que os projetos do Executivo venham e se forem bons eu tenho certeza que serão aprovados. Trabalhamos dois anos e nesses dois anos nós sempre pregamos a união”, disse.

Rodrigo Bacellar destacou que o parlamento é o lugar propício para debates. Ele também falou da união em benefício da cidade, assim como o prefeito Wladimir Garotinho. “Na vida discordar é normal, disputar é normal, mas lá fora tem um povo que nos aguarda, nos espera. E é por isso que hoje estamos aqui num dia realmente histórico”, disse Wladimir.

Ascom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *