Noroeste Fluminense registra 100% de ocupação dos leitos de UTI Covid-19

Os municípios do Noroeste Fluminense retornaram para a zona vermelha no mapa da Covid-19, o que representa o risco alto para o contágio da doença. O Sistema Único de Saúde (SUS) já sente esse reflexo com 100% das vagas ocupadas – desde a última segunda-feira (15) – nos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) que atendem pacientes em estado mais grave do “novo coronavirus”. O Ministério Público do estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva – Núcleo Itaperuna – acompanha a situação da saúde pública na Região. O DIA conversou com o promotor Dr. Matheus Gabriel dos Reis Rezende, que foi informado pela Central de Leitos da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ), que as vagas da rede SUS, de UTI no Noroeste do Rio estão todas ocupadas, sendo quarenta delas em Bom Jesus do Itabapoana; outras dez em Itaperuna e seis em Miracema.

FILA DE ESPERA – Dados obtidos pelo DIA no fim da manhã de hoje (17) junto ao MP apontam que oito pessoas aguardam na fila de espera por leitos, algumas há mais de 48h. Um óbito confirmado na Região por ausência de vagas.

O último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Bom Jesus do Itabapoana onde está situado o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) que é a referência no tratamento da rede pública nos casos mais graves da Covid-19, apontam que a unidade possuía no dia 16, dez pacientes da cidade e outros trinta dos demais municípios internados na UTI.

Fonte: O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *