MPF, CGU e PF investigam contratos da saúde em 5 cidades da Região dos Lagos

Uma operação conjunta entre o Ministério Público Federal, a Controladoria Geral da União e a Polícia Federal é realizada na manhã desta terça-feira (24) em cinco cidades da Região dos Lagos do Rio.

O objetivo é cumprir 10 mandados de busca e apreensão em endereços ligados às Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde de Búzios, Araruama, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Iguaba Grande.

A Operação Octopus investiga possíveis irregularidades em contratos na área da saúde. De acordo com a Polícia Federal, os contratos sob investigação se aproximam de R$ 30 milhões de reais.

Participam da operação 41 agentes públicos da PF, CGU e MPF.

De acordo com o MPF, as investigações partiram do compartilhamento de informações da operação Scepticus, na qual o MPF apurou fraudes na aplicação de recursos do Fundo Municipal de Saúde nos municípios de Carapebus e Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

As investigações apontam que o mesmo esquema criminoso pode estar sendo replicado nas cidades da Região dos Lagos, e possivelmente causando prejuízo ao erário público. São alvo da investigação pelo menos 7 contratações com as empresas envolvidas.

Segundo o MPF, dentre os indícios de fraude verificados estão a escolha de empresas com sede em endereços residenciais, sem empregados e bens.

Fonte: MPF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: