Morre primeiro detento a testar positivo para a Covid-19 em Campos

Morreu nesta quinta-feira (2), o detento do presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos dos Goytacazes, que testou positivo para a Covid-19 e estava internado no Hospital Ferreira Machado desde a última terça-feira (30).

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), esse foi o primeiro caso positivo de coronavírus em unidades prisionais do Norte e Noroeste Fluminense.

Ainda de acordo com a Seap, outros quatro internos do presídio Carlos Tinoco da Fonseca foram encaminhados para o Hospital Ferreira Machado, mas não tiveram a confirmação da doença.

A prefeitura de Campos, responsável pelo unidade hospitalar, esclareceu que o detento deu entrada na unidade apresentando insuficiência respiratória, testou positivo para coronavírus, mas não resistiu mesmo com o atendimento na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Ainda segundo o município, a unidade aguarda o resultado do teste molecular (PCR) para confirmar ou descartar a infecção pelo novo coronavírus.

A SEAP informou, por meio de nota, que 112 internos testaram positivo para a Covid-19 no sistema prisional fluminense. Destes, 13 foram a óbito, sendo 11 ocorridos no Pronto Socorro Geral Doutor Hamilton Agostinho; um no Hospital Pedro II; e um no Hospital Ferreira Machado.

Até a noite desta quinta-feira (2), Campos registrou 2.028 casos positivos da Covid-19, com 118 óbitos causados pela doença, segundo levantamento municipal.

Até a última terça-feira (30), o município registrava 90% de ocupação de leitos de UTI e 80% de ocupação de leitos clínicos exclusivos para tratamento de pacientes com a Covid-19.

Com G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *