MEI: prazo para entregar Declaração Anual Simplificada termina no dia 31 - Tribuna NF

MEI: prazo para entregar Declaração Anual Simplificada termina no dia 31

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Microempreendedores Individuais (MEIs) têm até o próximo dia 31 para entregar a Declaração Anual Simplificada (DASN-SIMEI) do Imposto de Renda de 2023 (ano-base 2022). Devem registrar os rendimentos todos os contribuintes que abriram um CNPJ MEI até dezembro do ano passado, independentemente do valor faturado.

A entrega fora do prazo pode levar o contribuinte a pagar multa de 2% por mês de atraso, limitada a 20% sobre o valor total dos tributos declarados, ou mínimo de R$ 50. A multa é emitida automaticamente após a transmissão da declaração.

Quem deu baixa no MEI e fechou a pessoa jurídica em algum momento do ano passado também deve prestar contas à Receita Federal, para informar dados sobre os meses anteriores ao fechamento, quando o negócio ainda estava ativo. A declaração deve ser enviada mesmo que a empresa não tenha tido faturamento durante o ano.

A maneira mais fácil é levantar todas as notas fiscais emitidas no ano anterior. Portanto, o MEI precisa realizar um controle de notas fiscais ao longo do tempo. Vale alimentar constantemente uma planilha de Excel com esses dados.

Quem não entregar a declaração até a data-limite precisa pagar uma multa de, no mínimo, R$ 50. O boleto para pagamento é gerado no momento da transmissão da declaração e pode ser impresso com o recibo de entrega da DASN-Simei. Se o pagamento for realizado em até 30 dias, a multa é reduzida em 50%.

Já se na DASN-SIMEI o faturamento extrapolar o faturamento bruto máximo permitido, de R$ 81 mil, será preciso buscar o apoio de um(a) profissional de contabilidade e realizar o desenquadramento do regime do MEI, pois a empresa passará a recolher impostos como Simples Nacional.

Veja o passo a passo

  1. Acesse o programa DASN-SIMEI por meio do Portal do Simples Nacional ou pelo app MEI, disponível para download no Google Play e na App Store.
  2. Em seguida, no Portal do Simples Nacional, o contribuinte deve acessar o menu Simei – Serviços > Cálculo e Declaração > DASN-Simei – Declaração Anual para o MEI. No app MEI, o contribuinte deve clicar no menu “Fazer a declaração”.
  3. Informe o CNPJ.
  4. Ao clicar em “Continuar”, surge a tela Declarar/Retificar. Informe o ano-calendário (2022).
  5. No campo “Valor da Receita Bruta Total”, informe o valor total do seu faturamento no ano passado.
  6. Se realizou atividades de comércio, indústria e serviço de transporte intermunicipal e interestadual no ano-calendário, informe a receita bruta total específica com essas ocupações.
  7. Se teve empregado durante o ano passado, clique em “Sim”. Se não teve, clique em “Não”.
  8. Se o MEI deu baixa do CNPJ em 2022, após selecionar o ano-calendário de 2022, a aplicação indicará automaticamente a opção Situação Especial > Extinção. Em seguida, o MEI deverá informar a data da baixa do CNPJ.

Extra*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *