Macaé: Liberada primeira parcela do auxílio emergencial da educação, feirantes e agricultores familiares

A primeira parcela do auxílio emergencial pecuniário destinado a trabalhadores da Educação, feirantes e agricultores familiares, no valor de R$ 500, foi liberada nesta terça-feira (22 de junho) pela Prefeitura de Macaé. Quem tem conta corrente em qualquer instituição bancária ou conta poupança no banco Itaú já recebeu. Aqueles que informaram conta poupança em outras instituições bancárias vão receber nesta quarta-feira (23). A segunda parcela, também de R$ 500, será paga no dia 22 de julho.

Foram incluídos nas categorias contempladas auxiliares de serviços escolares (ASEs), merendeiras, condutores e proprietários de veículos escolares, monitores de transporte escolar, feirantes e agricultores familiares. O cadastro foi feito no portal da prefeitura e terminou no último dia 13.

Ao todo estão sendo beneficiados trabalhadores da área de educação da rede pública municipal de ensino, de feiras livres e da agricultura familiar de Macaé, afetados em decorrência da situação de emergência face à pandemia de Covid-19.

O benefício foi instituído pela Lei nº 4.733/2021, deliberada pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Welberth Rezende. A Lei foi publicada na edição nº 227, do Diário Oficial do Município.

Ascom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *