Justiça manda para leilão carros de luxo do delegado Maurício Demétrio

A Justiça determinou a alienação antecipada de três carros de luxo do delegado Maurício Demétrio, que está preso por chefiar um esquema que exigia propina de comerciantes de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro.

Com a decisão, poderão ir a leilão os três veículos, apreendidos na Operação Carta de Corso:

  • Land Rover/Evoque
  • Toyota Hilux SW4
  • Mercedes-benz GL350

Os bens já estão sob responsabilidade administrativa do poder judiciário, segundo a decisão do juiz Bruno Monteiro Rulière, da 1ª Vara Criminal Especializada, datada do dia 25.

Entre as justificativas para a alienação antetipada estão a possibilidade da deterioração dos carros. Uma vez leiloados, os valores dos carros serão depositados em juízo.

Preso em junho

O delegado foi preso em junho do ano passado. Ele responde por associação criminosa, obstrução à Justiça, lavagem de dinheiro ou ocultação de bens e cobrança de propina. De acordo com as investigações, o então titular da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial cobrava dinheiro para permitir a venda de produtos falsificados no município.Além do delegado, outras cinco pessoas foram presas na ação.

Os agentes apreenderam R$ 240 mil em dinheiro na casa do delegado Maurício Demétrio, além de 13 celulares e os três carros de luxo blindados.

As investigações começaram em 2019 com o depoimento de uma lojista de Petrópolis que se recusou a pagar propina de R$ 250 por semana. Dias depois de se rebelar, sua loja foi alvo de operação da delegacia chefiada por Maurício, com mais de 100 peças de roupas apreendidas.

Os promotores também acusam o delegado de cobrar propina para atrapalhar o trabalho da própria polícia, criar dossiês com dados sigilosos, e de ter tentado armar duas operações falsas.

Em uma delas, plantaria drogas em um carro usado por policiais da Corregedoria que tinham aberto uma investigação contra ele. Em outra, a ideia era influenciar o resultado de eleições.

G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.