Inaugurada UBS do Turfe; mais oito unidades serão abertas - Tribuna NF

Inaugurada UBS do Turfe; mais oito unidades serão abertas

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

A Prefeitura vai abrir, ainda neste ano, mais oito Unidades Básicas de Saúde (UBS). O anúncio foi feito pelo prefeito Wladimir Garotinho, na noite desta quinta-feira (04), durante a solenidade de inauguração da UBS do Turfe Clube. Acompanhado de secretários municipais, Wladimir disse, em seu discurso, que a abertura se faz necessária para aumentar a área de cobertura da Atenção Primária à Saúde.

“Queremos que a assistência chegue aos moradores das localidades mais distantes, como Mata da Cruz, que fica a 80 quilômetros do Centro de Campos, e Serrinha, por exemplo. Se a pessoa não tiver atendimento nesses locais e uma ambulância para socorrê-la, ela corre o risco de morrer no meio do caminho”, afirmou Wladimir, ressaltando que a Prefeitura não dispõe de recursos financeiros para realizar tudo ao mesmo tempo e, por isso, tem buscando priorizar e entender quais as maiores necessidades do povo para atendê-las.

O prefeito disse ainda que a principal marca do seu governo é o trabalho.

“O que me deixa tranquilo é que Deus conhece nosso coração e sabe da nossa dedicação. Sairia do governo frustrado se a Saúde não estivesse avançando como está. Saber que não há mais pacientes nos corredores do Hospital Ferreira Machado me deixa muito satisfeito”, acrescentou Wladimir.

Em relação à UBS do Turfe Clube, ele disse que voltar a um bairro, onde fez muitos amigos quando não era candidato a nada, para reabrir a unidade de saúde, era motivo de alegria.

“É mais uma porta que estamos abrindo para garantir que a população tenha um tratamento adequado e humanizado perto de suas casas”, afirmou.

O secretário municipal de Saúde, Paulo Hirano, compartilhou da mesma opinião.

“É mais um grande passo no cuidado com as pessoas, como priorizado pelo prefeito Wladimir. Um polo onde poderemos aplicar as políticas ministeriais. Após o fortalecimento da Rede de Urgência e Emergência, o município vem trabalhando para que haja resolutividade na ponta, melhorando, por exemplo, a assistência aos hipertensos, diabéticos e às gestantes”, afirmou.

A UBS do Turfe foi uma das 46 fechadas pelo governo passado, que recebeu pintura nova, mobília e equipamentos, além de revisão da parte elétrica e hidráulica. A reforma foi fruto de parceria público-privada do programa Amigos da Cidade.

Situada à Rua Severino Lessa, a unidade possui consultórios para atendimento com clínico geral, ginecologista e pediatra, consultório dentário, sala de curativos, vacinas, enfermagem, além de farmácia. Em dois anos e quatro meses, a atual gestão já reabriu 27 unidades de saúde.

A encarregada da UBS do Turfe, Keila de Sousa Santana, se comprometeu em atender ao pedido do prefeito para que acolha a todos com carinho.

“Vamos trabalhar para prestar o melhor atendimento possível. As pessoas serão nossa prioridade”, disse.

Acolhimento esse que, segundo a aposentada Maria Alice Mendonça Soares, 62 anos, os moradores aguardavam ansiosos.

“O fechamento dessa unidade trouxe muitos transtornos pra gente. Era um posto muito bom. Tinha até endocrinologista. Eu mesma tratava o diabetes aqui. Quando fechou tive que buscar atendimento no Hospital São José”, contou ela, ressaltando que uma vizinha sua, atualmente com 80 anos, chorou de felicidade quando soube que a UBS seria reaberta.

Tânea de Fátima dos Santos de Souza, 65 anos, foi outra moradora que não escondeu o contentamento em saber que, a partir de agora, terá onde buscar atendimento.

“Sofri um infarto no ano passado e, desde então, tenho que pagar pela consulta quando preciso ir ao cardiologista. Ficamos abandonados por quatro anos, mas graças a Deus, Campos agora tem prefeito”, afirmou.

Também participaram da solenidade de inauguração, o subsecretário municipal de Saúde, Marcos Gonçalves, o secretário da Casa Civil, Suledil Bernardino, o presidente da Fundação Municipal da Infância e Juventude, Leon Gomes, e os vereadores Paulo Arantes, Marcione da Farmácia, Juninho Virgílio e o pastor Marcos Elias.

Fonte: Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *