Governador Cláudio Castro prorroga medidas restritivas até 20 de outubro, mas libera shows

O governador em exercício do RJ, Cláudio Castro (PSC), prorrogou, até o dia 20 de outubro, algumas medidas restritivas de prevenção e enfrentamento à propagação da Covid-19 no estado.

O decreto foi publicado em uma edição extra do Diário Oficial desta terça-feira (6).

Segundo o decreto, continua proibido permanecer na areia das praias, mas — alinhado com a Prefeitura do Rio — libera “eventos e atividades culturais previamente autorizadas e rodas de samba, seguindo os protocolos”.

Restrição a bares

O decreto mantém a alteração do funcionamento de bares e restaurantes, que podem continuar atendendo o público com metade da sua capacidade de lotação, até 1h, mas com a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em ambiente externo depois das 22h.

As regras não foram seguidas na segunda-feira (5), na Pedra do Sal. Centenas de pessoas estavam no local, muitas delas sem máscaras. A Prefeitura do Rio afirma que vai apurar as denúncias de aglomeração.

Seguindo a Fase 6B do Município do Rio, o estado liberou música ao vivo, mas sem pista e espaço de dança.

Ficam autorizados os serviços de consumo de bebidas alcoólicas apenas para os clientes devidamente acomodados e sentados em mesas e cadeiras nas áreas internas e externas, respeitando o distanciamento mínimo de um metro.

Música ao vivo e sistema self-service seguem suspensos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *