Governador apresenta oportunidades de negócios no Estado do Rio no Conselho das Américas - Tribuna NF

Governador apresenta oportunidades de negócios no Estado do Rio no Conselho das Américas

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Em seu terceiro dia de missão governamental em Nova Iorque, nos Estados Unidos, o governador Cláudio Castro apresentou as oportunidades de negócios no Estado do Rio de Janeiro aos membros do Conselho das Américas, que promove o livre comércio no continente. A reunião desta quarta-feira (18/01) reuniu 30 investidores multinacionais.

– É uma honra ser convidado para expor um pouco dos avanços do Estado do Rio, que passou nos últimos dois anos por um processo de reconstrução da sua imagem e da sua economia. Hoje, o Rio de Janeiro está de volta ao caminho da prosperidade e com a sua credibilidade mundial recuperada. Por isso, é importante estarmos, aqui, dialogando com empresas que representam grande parte dos investimentos privados dos Estados Unidos para a América Latina – ressaltou o governador.

Segundo Castro, mais de R$ 100 bilhões em investimentos privados e públicos estão em andamento no estado, que é sede do maior empreendimento privado da América Latina: o Porto do Açu, que inaugurou a primeira usina termelétrica em 2021 e ganhará a segunda até 2025.

Crescimento das atividades econômicas

No encontro, o secretário de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Vinicius Farah, destacou o crescimento das atividades econômicas, resultado do investimento na política de desenvolvimento. Hoje, o nível da economia fluminense retomou o patamar acima do período pré-pandemia, registrando aumento de 4,1% no PIB, em 2021.

– Tivemos como destaque a construção civil, com crescimento de 6,7%, consequência dos recursos aplicados em infraestrutura, viabilizados a partir da concessão dos serviços de saneamento. A indústria de transformação também se destacou: aumentou 6,2%. O setor de serviços, fortemente impactado pela pandemia, foi outro segmento que também fechou com taxa positiva: + 4,4% – explicou Farah.

Localização estratégica

O vice-governador Thiago Pampolha ressaltou que o Rio é o 2º maior estado brasileiro em exportações e o 3º em importações, apresentando, em 2022, um superávit de US$ 18,9 bilhões no comércio exterior, o dobro de 2021. Além disso, Pampolha lembrou aos empresários sobre a localização geográfica estratégica do Estado do Rio como uma das principais atrações para novos negócios.

– O Rio de Janeiro fica a menos de quatro horas das principais capitais da América do Sul e tem, em um raio de 500 quilômetros, 40% de todo o mercado consumidor do Brasil, além de grande malha ferroviária, portos e aeroportos para o incremento de importações e exportações – afirmou o vice-governador.

Conselho das Américas

Atualmente, o Conselho das Américas conta com cerca de 215 membros, empresas internacionais de diversos setores que buscam os princípios de desenvolvimento econômico e social, estado de direito, livre mercado e democracia.

– Foi um prazer receber o governador Cláudio Castro e sua comitiva para ouvir sobre a transformação do Rio de Janeiro, sua agenda de investimentos e os planos de negócios disponíveis para os empresários – disse a presidente e CEO do Conselho das Américas, Susan Segal.

Fonte: Governo RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *