Gerador pega fogo e deixa embarcação à deriva na Bacia de Campos

Uma embarcação pegou fogo na manhã desta quinta-feira (11), na Bacia de Campos. As chamas atingiram um dos geradores da Praça de Máquinas do navio, que atua no apoio a operação de plataformas de petróleo na região.

O acidente foi registrado por trabalhadores da plataforma P-50.

De acordo com o Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (SindiPetroNF), a embarcação Torda chegou a ficar à deriva e sem comunicação. Cerca de 15 tripulantes estavam no navio. As chamas foram debeladas pelos próprios trabalhadores. Não houve vítimas.

Ainda segundo o sindicato, o Torda, que estava próximo à plataforma P-50, no Campo de Albacora, foi atingido por um incêndio quando se deslocava para Macaé.

Na manhã desta sexta-feira (12), já com propulsão própria, a embarcação se deslocou para um estaleiro na Baía de Guanabara, no Rio, para passar por reparos. O Torda está sendo acompanhado por um barco de apoio.

A embarcação Torda foi construída em 2011, em Guarujá (SP), pela empresa Wilson, Sons Ultratug Offshore (WSUT). O navio tem 87,4 metros de comprimento por 16,4 metros de largura, com tonelagem bruta de 2.987.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *