Garotinho fala sobre a decisão do TRE no caso Chequinho

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro acatou um pedido da Procuradoria Regional Eleitoral e aumentou a condenação do ex-governador Anthony Garotinho para 13 anos e 9 meses de prisão por suposta distribuição irregular de Cheque Cidadão em 2016.

Garotinho foi condenado por unanimidade, nesta quinta-feira (4), pelos crimes de corrupção eleitoral, associação criminosa, supressão de documento público e coação no curso do processo. A decisão confirma o que havia sido determinado pela Justiça Eleitoral em Campos dos Goytacazes.

O ex-governador utilizou as redes sociais para tranquilizar seus amigos e eleitores. Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *