Em entrevista na Band, Wladimir defende autonomia financeira para as escolas municipais

O candidato a prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PSD), reafirmou nesta quinta-feira (15) que pretende adotar eleições diretas para diretores das escolas municipais, com autonomia financeira.

Ele também destacou que os cargos de direção de escolas serão inegociáveis. “Não terá essa história de negociar cargos de direção de escolas com vereadores”, disse.

Wladimir foi entrevistado pelo programa Band Notícias, na Band FM. Durante a entrevista ele também citou o desempenho pífio do município na última avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Campos ficou sem nota na avaliação, por não ter enviado os dados.

“Campos nem nota no IDEB teve. A prefeitura deu desculpa que houve falha técnica e que o funcionário foi afastado. Mas este mesmo funcionário foi promovido a um cargo maior no Cidac (Centro de Informações e Dados de Campos)”, disse o parlamentar, também citando que impacto da pandemia sobre a educação em todo o país.

O candidato também explicou que o processo de autonomia das escolas vai dinamizar decisões administrativas e reduzir a burocracia.

“Precisamos dar autonomia administrativa e financeira aos diretores de escolas para que as ações emergências sejam realizadas de forma imediata”, comentou.

MOBILIDADE URBANA

No transporte de passageiros, Wladimir reafirmou que uma das primeiras ações como prefeito eleito será acabar com os terminais de baldeação implantados no atual governo.

“Vamos fazer um estudo técnico para viabilizar a passagem social, com um preço mais justo, que beneficie a toda a população. Tenho conversado com os setores do transporte alternativo, dos ônibus para que juntos busquemos um modelo viável, pois o que eles reclamam é que não dá pra manter o atual sistema implantado pela prefeitura, onde as pessoas ficam em terminais que são desumanos, com banheiros com cheio horrível e esperam por duas horas por ônibus”, pontuou.

GERAÇÃO DE EMPREGO

Com relação a geração de empregos, o candidato falou que irá implantar a Zona Especial de Negócios (ZEN) entre a Baixada Campista e o Porto do Açu, o que permitiria a criação de uma grande retroárea para o empreendimento que atualmente pertence a Prumo Logística.

“Vamos atrair empresas para que possamos gerar receitas para o município e empregos, principalmente para os jovens, que serão qualificados de forma antecipada. As empresas estão no Porto do Açu, mas é Campos que têm toda infraestrutura de escolas, hospitais, shoppings. Já estamos em conversa com muitos empresários que estão animados em investir na nossa cidade”, destacou.

O candidato também explicou a motivação para disputar a Prefeitura de Campos. “Tentei com os demais candidatos encontrar uma candidatura única, consensual, em prol de uma união para a nossa cidade, mas os demais postulantes optaram por prosseguir com projetos pessoais. Então resolvi encarar o desafio de ser prefeito para promover um Governo de Verdade e recolocar Campos no lugar que a cidade merece “, disse.

Ascom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: