Dupla é presa em carro clonado; mulher alertou a polícia ao tentar comprá-lo e desconfiar - Tribuna NF

Dupla é presa em carro clonado; mulher alertou a polícia ao tentar comprá-lo e desconfiar

A Polícia Civil do RJ prendeu nesta quinta-feira (13) dois homens em um Toyota Corolla roubado e clonado na Avenida Brasil, na altura de Acari, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Agentes da 7ª DP (Santa Teresa) vinham monitorando Carlos Thiago Lins Cavalo e Daniel Luiz Santos de Barros desde que uma mulher foi à delegacia avisar que quase caiu em um golpe ao tentar comprar o carro.

“Nossa unidade foi procurada por uma senhora que nos informou que estava pesquisando veículos para comprar em sites de internet. Ela tinha marcado com um dos vendedores e, na oportunidade, ele apresentou um ‘laudo cautelar’ que comprovaria a autenticidade do carro”, explicou o delegado Álvaro de Oliveira Gomes.

“Ela entrou em contato com a empresa que, supostamente, teria emitido esse laudo, e a firma informou que se tratava de uma falsificação”, afirmou.

A mulher desistiu da compra, mas os bandidos insistiram em repassar o carro clonado para outras pessoas.

“Com essas informações, passamos a monitorar esses anúncios e, com cruzamento de dados, conseguimos identificar que o veículo seria novamente colocado à venda”, prosseguiu o delegado.

“Fomos a campo e logramos êxito em prender a dupla que estava de posse do Corolla, de um documento de identidade em nome do proprietário do veículo real que serviu de base para a clonagem, além de outros documentos, como o próprio ‘laudo’”, emendou Gomes.

Segundo a polícia, o esquema criminoso contava com traficantes e milicianos e alimentava um ciclo: carros que geralmente eram roubados em assaltos eram repassados para clonagem e vendidos pela internet.

Os dois homens vão responder pelos crimes de adulteração de veículo, receptação, falsificação de documento e uso de documento falso. Carlos Cavalo já tinha passagens pela polícia e chegou a ser preso pelos mesmos crimes.

G1*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *