Dupla é presa após morte de taxista degolado na BR-101, em Quissamã; suspeitos confessaram o crime

Policiais do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Macaé (RJ) prenderam dois homens suspeitos de matar um homem nesta terça-feira (5), na BR-101, em Quissamã. A vítima foi encontrada degolada ao lado de um táxi parado no acostamento da rodovia no início da tarde desta terça.

De acordo com a Polícia Militar, os homens foram abordados ao saírem de uma mata às margens da estrada, próximo trevo do Andorinhas, por volta das 18h30, e confessaram o crime.

A vítima foi identificada como Jorge Maxi da Silva, de 61 anos.

Para os agentes, os suspeitos alegaram ter embarcado no táxi na rodoviária de Macaé com destino à cidade de Campos, onde seguiriam em um ônibus para a Bahia. Durante o deslocamento, entretanto, eles anunciaram o roubo quando Jorge reagiu entrando em luta corporal com ambos e foi golpeado por uma faca. O objeto utilizado no crime foi encontrado no interior do carro.

O corpo de Jorge Maxi foi encontrado por agentes da Arteris Fluminense quando faziam uma inspeção de tráfego na rodovia.

Após cometer o crime, a dupla se embrenhou na mata e permaneceu escondida o dia todo. Mas resolveram sair do local com a chegada da noite, momento em que foram abordados por agentes que fazia buscas na região.

Jorge Maxi morava e trabalhava em Macaé. O corpo do taxista foi reconhecido pela família e segue no IML de Macaé.

O idoso deve ser velado e sepultado nesta quarta-feira (6).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *