Delegado aposentado é preso com sete armas no carro

O delegado aposentado Carlos Augusto Jorge Vidal, de 65 anos, foi preso na noite de segunda-feira (9) na Estrada Velha de Maricá, em São Gonçalo, ao dirigir com sete armas de fogo dentro do carro, além de munição e carregadores. Vidal já tinha uma prisão em aberto por porte ilegal de armas, e um histórico de controvérsias e suspeitas de crimes, inclusive de ter matado três cães a tiros em 2015.

Segundo a Polícia Militar, a abordagem foi feita seguindo um alerta dado pelo Sistema Cerco Eletrônico. O veículo foi parado por uma equipe do 12º BPM (Niterói), que encontrou um verdadeiro arsenal no interior do carro: duas pistolas, dois revólveres, dois rifles, uma espingarda, 361 munições de diversos calibres e cinco carregadores. Questionado sobre a origem e o destino das armas, Vidal permaneceu calado e foi conduzido à 76ª DP (Niterói). Ele vai responder por porte ilegal de arma de fogo.

O episódio com as armas não é o primeiro do currículo do ex-delegado. Em 2010, um homem foi preso ao se passar por Vidal. Investigações da época apontam que o próprio então delegado teria emprestado os documentos para ser fiador do suposto falsário. Cinco anos depois, Vidal foi apontado como responsável pela morte de três cachorros em um sítio em Inoã.

Vidal possui anotações criminais por ameaça, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, lesão corporal culposa na direção de veículo, crimes do sistema nacional de armas e desacato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *