Cheia do rios: mais de 180 cestas de alimentos entregues em Campos

Desde a última quinta-feira (21), quando as fortes chuvas começaram a causar problemas para dezenas de famílias em Campos, o Grupo de Emergências em Alagamentos iniciou levantamento da situação e ajuda às pessoas afetadas. E desde então, já foram distribuídos 197 fardos de água, 182 cestas básicas, 72 colchonetes e 57 cobertores às famílias atingidas, a maioria na região do Imbé, na parte serrana do município. As ações contam com auxílio do Corpo de Bombeiros.

— Nesta quarta-feira (27), continuamos com a entrega desses itens, principalmente na área de Conceição do Imbé, onde o serviço de assistência social da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social realizou levantamento e identificou mais algumas famílias necessitando principalmente de cestas de alimentos — explica o coordenador da Defesa Civil Municipal, Edison Pessanha.

Também nesta quarta, teve sequência em Ururaí, o monitoramento na área alagada pela cheia do rio do mesmo nome, que amanheceu estabilizado em 4.68m, mais de 80cm acima da cota de transbordo, de 3.80m. Até então, eram contabilizadas três famílias desabrigadas, encaminhadas para a creche do bairro e 21 desalojadas, que foram para casas de parentes e amigos.

Nesta quarta também começou a construção de um desvio na altura do trecho alagado da estrada para o assentamento rural Pau Funcho, em Pernambuca. Na estrada para o Imbé por Santa Cruz, a via continua interditada devido a um ponto alagado, mas o caminho para a mesma região pela RJ-190 já foi parcialmente liberado desde terça (26), após recuperação parcial do trecho rompido, feita pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER), que ainda atua na área.

O Grupo de Emergências em Alagamentos é composto pela Defesa Civil Municipal, Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (SMIMU), Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (SMDA), Superintendência de Limpeza Pública (Sulimp) e Empresa Municipal de Habitação (Emhab).

Fonte: Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *