13/07/2024
Campos

CCZ encontrou 187 focos no mês de maio em oito bairros diferentes de Campos

Os Agentes de Combate a Endemias (ACEs) do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), somente na primeira semana de junho, visitaram oito bairros e encontraram 66 focos do mosquito Aedes aegypt, o transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Os números do mês de maio dão uma ideia do volume de trabalho dos agentes em oito bairros e localidades diferentes. Foram encontrados 187 focos de mosquito da dengue, em sua maioria, dentro das residências e pontos comerciais. O bairro do Parque Aurora, um dos mais populosos de Campos, foi o que apresentou os maiores números. Somente lá, foram encontrados 67 focos em 2.280 residências visitadas.

“O CCZ hoje trabalha com duas ações distintas: o Faxinão da Dengue, que é uma ação integrada com outras secretarias e acontece na quinta-feira. Na sexta-feira, nós temos os mutirões, que acontecem em bairros escolhidos através do LIRAa. Os bairros com maior índice de infestação são trabalhados nessa etapa”, explicou o coordenador do Programa Municipal de Controle de Vetores (PMCV), Claudemir Barcelos, que ressaltou ainda que existem equipes espalhadas por quase todos os bairros de Campos, que mantêm um trabalho diário.

Os bairros trabalhados na primeira semana de junho, no Faxinão da Dengue e no Mutirão Pós-LIRAa foram: Parque João Maria, Parque Rosário, Parque Alberto Torres e o Parque São José. Foram 3.763 imóveis visitados e 144 terrenos baldios vistoriados. Mais de 80% dos 66 focos encontrados na semana passada estavam dentro de residências habitadas.

“Reforçamos o apelo de sempre, de que todos têm que ficar atentos aos depósitos de inservíveis que as pessoas mantêm dentro de casa. É nesse tipo de depósito que encontramos o maior número de focos. Essa é uma questão crucial para o nosso trabalho. Olhar a sua própria casa, uma vez por semana, por 10 minutos, já ajudaria bastante a diminuir esses números”, finalizou Barcelos.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *