CCZ de Campos vai realizar nova pesquisa para avaliar índice de infestação pelo Aedes aegypti

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) inicia, na próxima segunda-feira (20), o trabalho de campo para pesquisa do novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) – instrumento fundamental para o monitoramento do Índice de Infestação Predial (IIP) e Índice de Breteau (IB) no município. A coleta de dados ocorre durante toda a semana e envolve 100 Agentes de Combates às Endemias (ACE’s), além de supervisores e pessoal de apoio técnico administrativo.

O LIRAa é uma atividade preconizada pelo Ministério da Saúde, onde o índice de infestação satisfatório para o mosquito transmissor de arboviroses como: dengue, zika vírus e febre chikungunya, está abaixo de 1%. Para a execução do trabalho de campo, o município foi dividido em 19 áreas, onde os ACE’s irão vistoriar 8.193 imóveis residenciais, comerciais, terrenos baldios e prédios públicos de 635 quarteirões.

As amostras de focos recolhidas serão identificadas e encaminhadas para laboratório, onde passarão por análise e identificação da espécie e, assim podendo apontar precocemente a presença dos vetores Aedes aegypti e albopictus no município. Também é registrado o tipo de depósitos/criadouros com predominância para foco do mosquito. Os resultados da pesquisa amostral, que será entre os dias 20 e 24 este mês, serão concluídos e divulgados na semana seguinte.

“O LIRAa irá fornecer o diagnóstico rápido da situação do município, facilitando assim nossa ação de combate ao vetor e, consequentemente, a prevenção às doenças”, destacou o coordenador do Programa Municipal de Controle de Vetores (PMCV), Claudemir Barcelos. O município já realizou dois levantamentos pelo LIRAa, tendo sido um em janeiro, que apontou índice de 5,4% e, outro em abril, com 3,9%.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.