16/06/2024
Política

Caso Marielle: Polícia Federal pode oferecer acordo de delação a Ronnie Lessa

Após a delação do ex-policial militar Élcio de Queiroz, suspeito do atentado em que morreram a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes em 2018, abriu-se a possibilidade de que Ronnie Lessa também celebre acordo com a Polícia Federal (PF) para fornecer novas informações sobre o caso, segundo apurou o blog da Natuza Nery, do G1.

Fonte ouvida pelo blog afirmou que a delação de Queiroz – que, assim como Lessa, está preso desde 2019 – trouxe novos indícios robustos sobre a morte de Marielle, criando condições para que Lessa faça o acordo e dê novas informações sobre o crime.

Como revelado pela colunista Bela Megale no jornal “O Globo”, Lessa já havia demonstrado interesse em fazer uma delação. Agora, com as novas informações dadas por Élcio, que foram cruzadas pela PF e pelo Ministério Público (MP), a situação de Lessa se complicou.

Nesse novo cenário, caso o acordo aconteça, ele deverá ter nível de rigor igual ou maior ao do celebrado por Élcio Queiroz – exigindo, por exemplo, que Lessa traga informações ou indícios novos sobre o mandante ou os mandantes do crime contra Marielle.

Leia à íntegra do anexo 2 da delação de Élcio no blog do Ralfe Reis, hospedado em Tribuna NF:

Caso Marielle Franco: Confira a delação de Élcio Queiroz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *