14/06/2024
Polícia

Casal é preso suspeito da morte da filha de três meses em Itaocara

Policias civis de Itaocara, no Noroeste Fluminense, prenderam, nesta terça-feira (26), um casal suspeito de matar a filha de 3 meses. Contra eles foi cumprido dois mandados de prisão temporária.

De acordo com a polícia, as investigações apontam que a criança era agredida fisicamente pelo pai por diversos dias. A menina apresentava lesões corporais com estágios diversos de evolução, caracterizando a Síndrome de Silvermann (criança espancada).

As agressões do pai contavam com a omissão penalmente relevante da mãe, informou a polícia.

No inquérito, a polícia anexou documentos médicos dos tratamentos realizados na criança que comprovam as lesões sofridas, inclusive com fraturas de tíbia e fêmur.

A polícia informou que colheu relatos de diversos profissionais da área de saúde que tiveram contato com a criança, como ortopedista, hematologista, além da equipe médica que recebeu a menina já sem vida no hospital.

Segundo a Polícia Civil, eles foram unânimes em afirmar as agressões sofridas por ela e confirmadas pelo perito legista.

O casal será transferido para a Central de Custódia.

Uma coletiva de imprensa sobre a prisão será realizada na manhã desta terça em Campos.

Chegada na delegacia

Ao chegarem na delegacia, o casal começa a discutir. A mulher corre em direção a ele e começa a gritar: “Eu vou te matar, eu vou te matar”. Ela é contida por policiais.

Ao entrarem na delegacia, o homem começa a gritar que a culpa é da mulher.

Dentro da delegacia, o delegado diz que não quer bagunça e que irá conversar com eles.

Fonte: G1

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *