Cartão Recomeçar já é realidade para 438 famílias atingidas pelas chuvas - Tribuna NF

Cartão Recomeçar já é realidade para 438 famílias atingidas pelas chuvas

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

O benefício, no valor de R$ 3 mil, foi entregue pelo prefeito Wladimir Garotinho, nesta segunda-feira (11)

O prefeito Wladimir Garotinho, acompanhado da primeira-dama Tassiana Oliveira, entregou nesta segunda-feira (11) o Cartão Recomeçar a 438 famílias de baixa renda que foram afetadas pelas chuvas entre dezembro de 2022 e início deste ano. O benefício, que é de R$ 3 mil reais, será pago em parcela única pelo Governo do Estado. A entrega dos cartões aconteceu no Palácio da Cultura e contou, ainda, com a participação do secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, e do subsecretário de Estado de Governança e Compliance, José Carlos Costa Simonin.

As famílias que receberam o Cartão Recomeçar são referenciadas nos 13 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. A listagem foi elaborada a partir de um levantamento feito pelos CRAS durante o período de chuva, quando foi decretado pelo município o estado de emergência, em dezembro de 2022. O dinheiro servirá para a reconstrução da residência daqueles que foram afetados, com a compra de material de construção, móveis e eletrodomésticos.

“É motivo de muita satisfação poder fazer essa entrega. As pessoas sabem da dificuldade que viveram e a gente estava junto. Nós pedimos ao Governo do Estado que trouxesse para Campos o Cartão Recomeçar, que é uma excelente iniciativa para ajudar as pessoas que passaram pela enchente e perderam praticamente tudo. É mais um benefício que dará apoio às famílias que vivem em situação de vulnerabilidade”, ressaltou o prefeito Wladimir Garotinho.

“Neste mês, que é muito importante para todos nós por ser o Natal, mais de 400 famílias estão sendo contempladas. A gente está entregando alegria para essas pessoas, dignidade, além da possibilidade de movimentar a economia da cidade”, disse subsecretário de Estado de Governança e Compliance, José Carlos Costa Simonin.

“É uma importante parceria, porque a gente sabe o quanto o Cartão Recomeçar fará diferença na vida dessas pessoas. Eu gostaria de agradecer ao Estado e ao prefeito Wladimir por mais essa parceria que vai beneficiar a população. A gente se coloca à disposição sempre”, disse o secretário Rodrigo Carvalho.

A dona de casa Poliane Ferreira, de Ururaí, teve a casa inundada pelas fortes chuvas. Com o Cartão Recomeçar, ela vai comprar pisos para fazer a reforma. “Vai ajudar muito a gente. O rio Ururaí transbordou, a água invadiu e tirou todo o piso da nossa casa. Com o Cartão Recomeçar, nós vamos começar do zero, mas estamos satisfeitos porque vamos passar o Natal com a nossa casinha ajeitada”, disse a dona de casa.

Adriana Notenos, do Parque Leopoldina, mora com mais quatro pessoas. A residência da família também foi atingida pela chuva e móveis foram danificados. “Nós perdemos muita coisa. Com a chuva, muita coisa foi estragada, como sofá, armário de cozinha e guarda roupas. Além dos móveis, a gente vai arrumar umas paredes que a chuva atingiu”, explicou a dona de casa.

Grávida de oito meses, Janeliane Silva, do Parque Leopoldina, também perdeu móveis na enchente. Com o Cartão Recomeçar, ela pretende comprar um novo mobiliário e reformar a casa atingida, já que sua bebê está para nascer. “Quando choveu, a rua encheu e invadiu a minha casa. Eu vou comprar o material para levantar a casa. O que sobrar, eu vou usar para comprar geladeira, sofá e armário. Tudo que a gente perdeu na enchente”, disse.

Daqui a 10 dias, os beneficiários deverão baixar o aplicativo da Alelo para liberar o saldo. O benefício só poderá ser utilizado em lojas físicas de Campos que sejam de móveis, eletrodomésticos e material de construção. Quem foi contemplado e não buscou o cartão nesta segunda-feira (11), deverá pegar no setor de Transferência de Renda da SMHDS, que fica na Avenida Silvio Bastos Tavares, 05, no Parque Leopoldina, toda terça, quarta e quinta-feira, das 09h às 16h. O cartão será entregue ao titular do benefício. Sendo assim, basta levar o CPF, RG e comprovante de residência (original e cópia).

Fonte: Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *