Campos e Macaé estão entre os maiores contratantes do estado no primeiro semestre

O primeiro semestre se encerrou confirmando a retomada de empregos no Estado do Rio, tendo o Norte Fluminense como protagonista. Campos (+3.630) e Macaé (+3.482) foram, respectivamente, a terceira e a quarta cidade de todo o estado que mais geraram empregos nos primeiros seis meses deste ano. Já no mês de junho, os municípios ganharam a companhia de São João da Barra (+289), nona cidade fluminense com maior geração de empregos, segundo dados análise feita pela Firjan por meio da plataforma Retratos Regionais.

“Os destaques do primeiro semestre reforçam o impacto da região na retomada da economia e na geração de empregos do Estado. Ainda temos um longo caminho pela frente, mas os sinais de recuperação nos trazem esperança de dias melhores”, disse o presidente da Firjan Norte Fluminense, Francisco Roberto de Siqueira.

Entre os destaques do semestre no Norte Fluminense estão Indústria e Construção (+3.644), seguido de Agropecuária (+2.743) e Serviços (+1.540). Na indústria em Campos, a “Moagem e fabricação de produtos de origem vegetal” foi o segmento que mais abriu vagas (+244), enquanto em Macaé foi a “Montagem de instalações industriais e de estruturas metálicas” (+1.897).

Já no mês de junho, a Indústria voltou a ser a mola propulsora dos empregos em Macaé (+648), enquanto em Campos o setor de Serviços se destacou na recuperação das vagas (+211). Mesma situação de São João da Barra, nona cidade do ranking estadual, graças ao setor de Serviços (+280). No total, São João gerou quase o triplo de empregos do mês anterior – 289 em junho contra 101 em maio. E um indicativo da confiança na retomada é que a atividade de “Aluguel de Máquinas e Equipamentos para Construção” foi a maior contratante na cidade (+238).

“Claro que a capital é um grande centro econômico, mas quando se fala em empregos em geral, vemos que dois terços das vagas foram abertas no interior; e indústria, três quartos das oportunidades são de fora da capital. Então, com o fechamento do semestre, fica claro o quanto o interior tem sido um importante propulsor da retomada dos empregos no estado do Rio. E o Norte Fluminense, em especial, tem se destacado na geração de empregos”, disse Marcio Felipe Afonso, especialista em Estudos Econômicos da Firjan.

 Nove em cada 10 vagas reabertas na indústria

No estado do rio, a indústria abriu mais 2.455 novos postos de trabalho formais em junho, mais que o dobro do saldo observado em maio (+1.150). A análise feita pela Firjan mostra ainda que já foram reabertas nove em cada dez vagas da indústria fluminense fechadas de março a junho do ano passado, meses de maiores incertezas e restrições relacionadas à pandemia de Covid-19. Em números absolutos, foram32 mil reabertas contra 36,5 mil fechadas.

Outra observação dos analistas da Firjan é que o bom desempenho do mercado de trabalho da indústria fluminense está disseminado. Em junho, todas as regiões e 63 dos 92 municípios do estado apresentaram saldo positivo de contratações. Entre os segmentos industriais, a Construção Civil seguiu como a maior contratante do primeiro semestre, com saldo acumulado de 6.662 em 2021, seguida por Manutenção, Reparação e Instalação de Máquinas e Equipamentos (+2.756) e Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios (+2.021).

Considerando todos os setores, o estado do Rio abriu 16.002 novos postos de trabalho em junho. Além da indústria, os setores de serviços (+9.060), comércio (+4.097) e agropecuária (+390) também registraram saldo positivo. Esse foi o segundo melhor desempenho do mercado de trabalho fluminense no ano e, pelo segundo mês consecutivo, o Rio de Janeiro foi o terceiro estado que mais abriu vagas com carteira assinada no país.

 Plataforma Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Em painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais.

Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada por meio deste link: Retratos Regionais | Firjan.

Ascom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *