Campanha de Freixo articula participação de Cesar Maia em ato com Lula no Rio

A confirmação da viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Rio para um evento de formalização do seu palanque no estado, no próximo dia 7, fez a campanha de Marcelo Freixo (PSB) se mobilizar para que o ex-prefeito do Rio Cesar Maia (PSDB) esteja no palanque.

A ida de Cesar simbolizaria a chamada “frente contra o bolsonarismo”, movimento representado no Rio pela candidatura de Cláudio Castro (PL), além de ser considerado um ato histórico, após anos de embates entre o petista e tucanos.

Convidado para ser vice de Freixo, Cesar Maia ainda não se manifestou oficialmente. Enquanto isso, lideranças do PT e do PSDB tentam atrair para a aliança o também pré-candidato ao governo do Rio, Felipe Santa Cruz, e o seu padrinho político Eduardo Paes, ambos do PSD. Recentemente, Paes negou a Lula a possibilidade de retirar o nome de Santa Cruz da disputa ao governo, mas acenou com um palanque duplo para o petista.

Por isso, o assunto é tratado com cuidado: caso a presença de Cesar Maia, que também tem convite de Santa Cruz para ser vice, seja confirmada, a atitude pode ser interpretada como um “atropelo” às negociações e um rompimento definitivo com Paes. O evento está previsto para ocorrer num ato público na Cinelândia, no Centro do Rio, às 18h.

O Globo*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.