Delações contra Cláudio Castro devem avançar no STJ

Com o impeachment de Wilson Witzel, devem avançar no STJ delações que estavam paradas sobre Cláudio Castro, que assumiu ontem de forma definitiva o governo do Rio.

Segundo a Folha, ele é alvo de dois delatores, mas como estava interino no cargo, havia dúvida sobre onde os acordos deveriam tramitar: se no STJ ou no TJ-RJ.

A investigação agora caberá à PGR.

Castro foi citado na colaboração do ex-secretário Edmar Santos e do empresário Bruno Selem. Os dois revelaram desvios na Saúde do estado.

A defesa de Castro diz que as delações são mentirosas.

Comente

%d blogueiros gostam disto: