Operação que afastou Witzel terá mais fases

A Operação Tris in Idem, que afastou Wilson Witzel do cargo, já soma duas denúncias. Mas segundo a própria PGR, haverá mais.

Diz o órgão no documento protocolado no STJ, que Witzel e companhia:

– Além de terceiros a serem denunciados oportunamente ou ainda não identificados (…) integraram, pessoalmente, uma organização criminosa que tinha por finalidade a prática de crimes de corrupção ativa e passiva, fraude às licitações e peculato em detrimento do Estado do Rio de Janeiro.

Blog do Lauro Jardim*

Comente

%d blogueiros gostam disto: