Dario Messer quer fechar delação premiada com a PF

Dario Messer, o doleiro dos doleiros, preso há um mês e meio pela Lava-Jato, já deixou mais de uma vez sua cela em Bangu 8 em direção à sede da PF no Rio de Janeiro.

Lá, deu depoimentos com a intenção de fechar um acordo de delação premiada diretamente com a PF. Se falar mesmo o que sabe, provoca um terremoto.

Sua teia de relações em décadas de atuação ia de empresários e esportistas a políticos — inclusive no exterior. Messer era íntimo, por exemplo, do ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes.

Por enquanto, ressalte-se, o doleiro não está delatando. Apenas tentando viabilizar sua colaboração.

Fonte: Blog do Lauro Jardim, O Globo.

Comente

%d blogueiros gostam disto: