MPF remete ao MP/RJ relatório com movimentações financeiras suspeitas de assessores da Alerj

O Ministério Público Federal (MPF) esclarece que remeteu nesta segunda-feira (10) ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP/RJ) uma cópia do relatório de inteligência financeira (RIF) do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) com indícios de movimentações de recursos incompatíveis com rendimentos declarados por profissionais da Assembleia Legislativa (Alerj), incluindo assessores de deputados estaduais.

O relatório tinha sido encaminhado espontaneamente pelo Coaf ao MPF e serviu de base para as investigações envolvendo deputados estaduais investigados na Operação Furna da Onça. No entanto, como o documento indicava a existência de movimentações atípicas de outras pessoas que não eram alvos da referida operação, o MPF na 2ª Região (RJ/ES), diante da ausência de indícios que justificassem alguma apuração em âmbito federal relacionados a tais nomes, remeteu o material ao MP/RJ, para que o órgão apure eventuais ilícitos de competência estadual cometidos na Alerj.

Fonte: MPF

Comente

%d blogueiros gostam disto: