As 17 mil caixas de Cabral

Opinião:

Que vergonha: agora apareceram 17 mil caixas com documentos contendo revelações sobre o propinoduto liderado por Sérgio Cabral e sua quadrilha.

Há quem sustente que Cabral não é essa força toda dentro da organização criminosa não.

Tem gente grande fora da cadeia que era também “ordenador de despesas” da quadrilha.

O desespero é muito grande daqueles que achavam que estavam esquecidos.

Essas 17 mil caixas de papel podem revelar o varejo da propina e sua repercussão no local onde ela foi distribuída. Era muita gente apaixonada por Cabral.

Muitos deles até hoje revelam isso, principalmente nutrindo ódio pelo ex-governador Garotinho, arqui-inimigo de Cabral.

É provável que o governador tenha realmente que contratar navios para abrir vagas nas casas de detenção provisória. Isso sem falar na possibilidade do governador construir o grande complexo penal na região do Açu.

Pelo menos o serviço sujo Cabral já fez no Açu. Isso contado por ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *