20/06/2024
Campos

Arteris Fluminense conclui obra de ampliação e melhoria no trecho urbano da BR-101 em Campos

A Arteris Fluminense, concessionária responsável pela administração dos 322 quilômetros da BR-101 RJ/Norte entre Niterói e a divisa RJ/ES, concluiu nesta segunda-feira (18) a obra de ampliação e melhorias no trecho urbano de Campos dos Goytacazes, entre o Trevo do Índio (km 67) e o Boulevard Shopping (km 65,5). A via, agora com duas faixas de rolamento em cada sentido e separadas com divisórias duplas metálicas, permitirá maior fluidez ao tráfego e redução de acidentes. A cerimônia de entrega da obra aconteceu na manhã desta terça-feira (19), com presença de autoridades.

Iniciada em março deste ano, a obra teve um investimento de R$ 19 milhões e foi concluída dentro do prazo estabelecido com o Governo Federal e antes das festividades de final de ano – período em que a rodovia recebe grande fluxo de veículos. Mais de 100 profissionais foram alocados no andamento dos serviços e a mão de obra local foi priorizada.

“A conclusão dessa obra nos enche de orgulho e reforça o compromisso da Arteris em oferecer melhores condições de trafegabilidade e fluidez para nossos usuários. É um trabalho contínuo para que essas jornadas aconteçam em segurança e com serviços de qualidade, dentro das regras de ouro da companhia”, comenta o Superintendente de Eficiência Operacional da Arteris, Cyro Lessa.

A integração da concessionária com a ANTT, a Polícia Rodoviária Federal e a Prefeitura de Campos dos Goytacazes permitiu desenvolver um planejamento de forma a minimizar impactos para a operação da rodovia durante as obras e transpor as interferências contidas no projeto. “Essa é uma demonstração de como é possível conciliar a demanda de ampliar a capacidade de tráfego de longa distância, com a necessidade de desenvolver uma obra que atenda da melhor forma possível a população local. Trabalhamos em turnos extras – inclusive durante a madrugada – visando o menor impacto no tráfego”, comentou Landro Cruz, gerente de implantação e conserva da concessionária.

Visando antecipar os benefícios de mobilidade e segurança aos usuários, a Arteris Fluminense liberou o tráfego de veículos para as novas pistas de forma gradativa e ordenada, conforme o andamento dos trabalhos. Com a obra, a rotatória do Trevo do Índio recebeu melhorias e ampliação em sua geometria, os acessos à rodovia foram ordenados, o trecho ganhou passeios em ambos os sentidos e uma nova iluminação em LED. Outro ponto a destacar é a nova estrutura rodoviária onde existia um cruzamento em nível da BR-101 com a linha férrea, retirado durante as obras e que impactava na fluidez do tráfego na região.

Sistema de câmeras da rodovia é ampliado

A Arteris Fluminense também concluiu a instalação de 54 novas câmeras digitais de monitoramento na BR-101/RJ, no trecho sob concessão, ampliando a cobertura para 70% da via. O investimento de R$ 3,1 milhões também contemplou a colocação de postes e elementos de proteção para estes equipamentos.

Do Centro de Controle Operacional, localizado na região de São Gonçalo, as equipes da Arteris monitoram, atualmente, 161 câmeras ao longo dos 322 quilômetros de rodovia sob sua concessão. Essa estrutura coordena os trabalhos 24 horas por dia e é responsável pelo acionamento dos recursos necessários para os atendimentos às ocorrências na via.

“Nossa equipe acompanha tudo o que acontece, de veículo parado na rodovia, acidentes e utilização indevida do acostamento, por exemplo. E com as novas câmeras, teremos ainda mais agilidade para acionar os recursos para os atendimentos às ocorrências e, com certeza, serão nossas aliadas para ajudar a salvar vidas”, acrescenta Simone Cardozo, gerente de operações da concessionária.

Desde 2008, a concessionária contabilizou cerca de 1,5 milhão de atendimentos aos usuários – uma média mensal de mais de oito mil atendimentos. A rodovia recebe um tráfego médio de 80 mil veículos diariamente e atravessa 13 municípios. As imagens do sistema de monitoramento da Arteris Fluminense são transmitidas em tempo real para as duas delegacias da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no trecho, autoridade competente pela fiscalização da rodovia, e para o Centro Nacional de Supervisão Operacional (CNSO) da ANTT.

Esses investimentos integram o segundo termo aditivo ao contrato de concessão da via, assinado com a ANTT em 15 de junho de 2022.

Investimentos colaboram com redução de Acidentes

Desde 2008, quando teve início a concessão, a Arteris Fluminense investiu cerca de R$ 4,7 bilhões em obras, pavimentação, manutenção e operação, proporcionando mais segurança aos motoristas e desenvolvimento regional ao Estado do Rio de Janeiro. A concessionária executou R$ 1,5 bilhão de obras de duplicação, o que resultou em cerca de 130 quilômetros de novas pistas entre as cidades de Rio Bonito e Campos dos Goytacazes, ações que colaboraram para reduzir em 56% o número de fatalidades na rodovia entre 2010 e 2020, superando a meta global da Organização das Nações Unidas (ONU). Em 2022, a Arteris Fluminense registrou 54 fatalidades – o menor desde o início da concessão.

Fonte: Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *