20/06/2024
Política

Após TCE-RJ suspender contrato no caso Ceperj, Ong ligada ao vereador Raphael Thuin ganha “Certificado de Mérito” de R$ 2,5 milhões da Secretaria de Esportes do Estado

A Associação Paraesporte, de Campos dos Goytacazes, dirigida por Fábio Coboski, ganhou em janeiro deste ano um “Certificado de Mérito Esportivo”, no valor de R$ 2.579.213,25 (dois milhões, quinhentos e setenta e nove mil duzentos e treze reais e vinte e cinco centavos). O documento é assinado pelo atual secretário de Estado de Esportes, Rafael Picciani, cujo processo administrativo é nº SEI-300001/000813/2021.

O diretor-presidente da associação, Fábio Coboski, é braço direito do atual vereador Raphael Thuin. Coboski foi cargo comissionado da Fundação Municipal de Esportes de Campos na gestão Thuin, e posteriormente assumiu a presidência da fundação no governo de Rafael Diniz.

Em 2022, a associação chegou a assinar um termo de Cooperação com a Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro, conhecida como CEPERJ. O convenio era através do projeto Esporte Presente, e consta na auditoria nº 102759-0/2022, do TCE-RJ, que suspendeu os pagamentos dos programas.

Todos os convênios do Ceperj foram suspensos à época por determinação judicial e pelo Tribunal de Contas do Estado, e está sob investigação da Justiça Eleitoral, por supostamente ter sido utilizada para favorecer a campanha do governador Cláudio Castro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *