Agricultura e DER-RJ reconstroem trecho da Estrada do Macaco que foi rompido - Tribuna NF

Agricultura e DER-RJ reconstroem trecho da Estrada do Macaco que foi rompido

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca vai reconstruir a Estrada do Macaco, em Dores de Macabu. O trabalho realizado na vicinal em 2022 pelo programa municipal Estradas do Produtor foi destruído pelas chuvas no final de novembro do ano passado, quando, em menos de 24 horas, choveu cerca de 300 mm no distrito e região. O trecho da estrada que foi rompido por uma enxurrada, na altura do Morro da Catarina, está sendo refeito em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ).

Nesta quarta-feira (11), o DER-RJ realizou a instalação de manilhas no trecho rompido pela enxurrada. “As manilhas antigas foram danificadas e levadas com a força das águas e, no lugar, ficou com uma cratera de cerca de 10 metros de cumprimento e três metros de profundidade. O DER-RJ instalou dois conjuntos de manilhas de 1,2m de diâmetro e equipes da Diretoria de Infraestrutura Rural estão colocando material sobre as manilhas, fazendo o aterro para preparar a base da estrada. Depois, o solo será compactado e a pista finalizada com fresa de asfalto, para desinterditar a estrada para o tráfego de veículos, inclusive de caminhões e máquinas pesadas”, contou o secretário de Agricultura, Almy Júnior.

A previsão é concluir o trecho ainda esta semana, se não chover a ponto de interromper os trabalhos. Posteriormente, o trabalho será refeito em toda a Estrada do Macaco.

“Nós reconstruímos os 19 quilômetros de extensão da estrada da BR 101 (Campos-Rio), na altura de Serrinha, à RJ de ligação de Dores ao município de Quissamã. Refizemos o leito, alargamos alguns trechos, compactamos o solo de toda a vicinal, que era só buracos. Mas foi muita chuva, chuvas de grande intensidade que caíram no distrito e a Estrada do Macaco foi praticamente destruída. Então, passando o período de chuvas, vamos iniciar a manutenção da vicinal em toda sua extensão”, contou o diretor de Infraestrutura Rural, Robson Vieira.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *