Adolescente mata mãe a facadas, esconde o corpo embaixo da cama e depois liga para a polícia - Tribuna NF

Adolescente mata mãe a facadas, esconde o corpo embaixo da cama e depois liga para a polícia

Uma adolescente matou a própria mãe a facadas em Pancas, no Noroeste do Espírito Santo, na noite de quinta-feira (27). Depois do crime, a menina enrolou o corpo da mãe num pano, colocou embaixo da cama e ligou para a polícia. Segundo o relato dela para a polícia, as duas se desentenderam porque a mãe acreditava que a filha usava roupas curtas e provocava o padrasto que morava com as duas.

A jovem contou aos policiais militares que estava sozinha em casa com a mãe, quando as duas começaram a discutir. Na versão da adolescente, a mãe começou a reclamar das roupas que ela usava, que eram curtas e que o que ela vestia atraía o marido, padrasto da jovem.

Ainda segundo o relato da filha, depois da briga, a mãe saiu e voltou com uma faca, disse que amava a filha e tentou atacá-la. A adolescente contou, então, que tirou a faca da mãe e se defendeu dando facadas no pescoço e no peito da vítima.

A filha relatou também que a mãe tinha movimentos debilitados por causa de problemas de saúde. A jovem teria matado a mãe no início da tarde, por volta das 13h, e ficou em casa pensando o que fazer até o padrasto chegar do trabalho.

A adolescente disse que não “aguentou esperar pelo padrasto” e acabou ligando para a polícia e confessou o crime. O marido da vítima contou que quando chegou em casa procurou pela esposa. A menina contou tudo. O corpo da esposa estava no quarto, enrolado em uma coberta embaixo da cama.

A polícia contou no Boletim de Ocorrência que os agentes chegaram no local, encontraram a adolescente e o marido da vítima na casa. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte da mulher.

A vítima foi atingida no pescoço. Do lado do corpo estava uma faca, que a filha disse ter usado para cometer o crime.

A jovem foi ouvida pela polícia e ficou sob responsabilidade do pai. A Polícia Civil disse que a adolescente foi encaminhada à Delegacia Regional de Colatina e apresentada à Central de Teleflagrantes. Ela foi autuada em flagrante por ato infracional análogo ao crime de homicídio e apresentada ao Ministério Público.

Fonte:  G1/ES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *