Wladimir prega paz e diálogo para Campos recuperar tempo perdido

Prefeito defendeu união entre as forças políticas

Durante entrevista à rádio Folha, na manhã desta sexta-feira (24), o prefeito de Campos Wladimir Garotinho, abordou diversos temas – os avanços do município em um ano e meio, convênios com o Governo do Estado, saúde e outros. Porém ao responder pergunta sobre divergências políticas, afirmou que quer paz para poder governar e defendeu uma união entre as forças políticas.

“Campos tem tudo, com as forças políticas se entendendo e dialogando, para avançar muito. Lamento a gente não conseguir dialogar hoje. A briga passou do ponto do limite da razão. Temos, todos, que dar um passo atrás e entender que a cidade precisa de união, ou, pelo menos do entendimento de todas as forças políticas para recuperar o tempo perdido”, afirmou o prefeito.

Na entrevista, Wladimir anunciou que o convênio entre Prefeitura e Estado para obras na Vila dos Pescadores, em Farol de São Tomé, já foi licitado. De acordo com ele, o próximo passo é o governador Cláudio Castro (PL), assinar a ordem de serviço para que a obra seja iniciada.

O prefeito destacou também que não há mais pacientes nos corredores no setor de emergência dos Hospitais Ferreira Machado (HFM) e Geral de Guarus (HGG). “Era um problema de mais de 30 anos, mas resolvemos logo no início da nossa gestão. Isso foi um marco”.

Outro ponto destacado pelo prefeito foi o ajuste fiscal feito pela Prefeitura, que permitiu ao município voltar a ter crédito na praça. Com as medidas adotadas, o município, na classificação de risco junto ao Tesouro Nacional, avançou da nota C para A.

“Todas as dívidas, todos os passivos da Prefeitura foram renegociados. Foi um ano e meio de muito trabalho, mas conseguimos reorganizar a cidade. E agora podemos ter um desenvolvimento sustentável e dias melhores para a população de Campos” observou o prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.