23/05/2024
Destaque

Wladimir libera R$ 600 mil para obras de revitalização do Centro de Campos

Investimento inclui recuperação do calçadão e reforma da Praça São Salvador

O prefeito de Campos, Wladimir Garotinho, deu sinal verde para mais uma etapa de melhoras no Centro, vai receber R$ 600 mil em investimentos do Governo Municipal. Serão R$ 300 mil para a revitalização e recuperação do Calçadão e dos equipamentos urbanos, e mais R$ 300 mil que serão utilizados na reforma da Praça São Salvador.

O investimento faz parte do plano de recuperação econômica do Centro antigo da cidade, que envolve diversos setores do governo.

Os investimentos se somam um conjunto de ações da prefeitura em favor do Centro e do comércio, que também precisa de contrapartidas de quem empreende nessa tradicional área.

Em um varejo cada vez mais global e de vendas pela Internet, os comerciantes do Centro também são desafiados a fazerem sua parte, modernizando as suas operações e modelos de negócio, ou correm o risco de fecharem as portas por inércia própria diante de um mercado cada vez mais competitivo e digital.

Fenômeno mundial, esvaziamento de áreas centrais atinge também a capital fluminense

Os R$ 600 mil destinados as obras de revitalização do Centro, vão ser importantes para garantir melhor infraestrutura e atrair um número maior de consumidores a área, que luta contra um fenômeno mundial, o esvaziamento do Centro das cidades. Diferentes pesquisas no Brasil e Estado do Rio indicam que lojistas estão, cada vez mais, migrando para os bairros, shoppings e condôminos.

O fenômeno pode ser observado com facilidade principalmente nas capitais. O Centro do Rio de Janeiro, por exemplo, vive o desafio de superar o esvaziamento econômico e de se reinventar em termos urbanísticos. Inspirado no desafio vivido por cidades com Centros comerciais como o Rio, Campos estuda variados modelos, como o do retrofit ou a chama Revitalização 4.0.

Prefeitura faz a sua parte

O conjunto de ações, que inclui o pagamento dos servidores da Prefeitura dentro do mês, na última quarta-feira (31), movimenta a economia e beneficia o comércio, como a injeção de mais de R$ 116 milhões na última semana, com o pagamento dentro do mês trabalhado.

O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos, Edvar Junior diz que a mudança na data do pagamento do salário dos servidores da Prefeitura, fará com que os empresários do comércio mudem a estratégia de vendas.

“Ao antecipar o pagamento para o final de cada mês, o comércio lojista e até alguns do segmento gastronômico já começaram a mudar a estratégia de vendas, em função do valor expressivo de recursos que a Prefeitura faz circular na cidade por meio da folha de pagamento dos funcionários”, comentou o presidente da CDL.

Geração de empregos em alta

Mas a recuperação econômica de Campos vai além. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a cidade voltou a figurar positivamente na geração de empregos formais com saldo acumulado de 1.419 vagas até abril deste ano. O levantamento ainda não contabiliza o aumento das contratações em função do período da safra da cana de açúcar. Conforme dados do sistema de registro do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), somente no mês de abril, o município criou 528 novas vagas de emprego com carteira assinada. Mais uma vez o destaque foi o setor de Serviços que concentrou 305 vagas do total registrado.

Campos se mantém como o sexto município do estado do Rio de Janeiro em formalização de empresas de pequeno e médio porte. De janeiro a abril deste ano, foram criadas 766 Microempresas (MEs) e Empresas de Pequeno Porte (EPPs), crescimento significativo considerando que, no mesmo período de 2022, o município registrou a criação de 600.

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *