Wladimir Garotinho, Frederico Paes e vereadores tomam posse em Campos

O novo prefeito de Campos dos Goytacazes, Wladimir Garotinho (PSD), tomou posse do cargo nesta sexta-feira (1º). A cerimônia aconteceu na Câmara Municipal. Foram empossados, também, o vice-prefeito Frederico Paes (MDB) e os 25 vereadores eleitos para a a legislatura 2021-2024.

Estiveram presentes os ex-governadores do Rio e ex-prefeitos de Campos Anthony e Rosinha Garotinho, a deputada federal Clarissa Garotinho e os ex-vereadores e ex-presidentes da Câmara Marcos Bacellar e Nelson Nahim, além do secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Bruno Dauaire.

Os primeiros a serem empossados foram os 25 vereadores, que prestaram juramento e assinaram o termo de posse na seguinte ordem: Abdu Neme, Cabo Alonsimar (PODE), Anderson de Matos (REP), Dandinho de Alciones Rio Preto (PSD), Bruno Vianna (PSL), Bruno Pezão (PL), Fred Machado, Fábio Ribeiro (PSD), Fred Rangel (PSD), Helinho Nahim (PTC), Igor Pereira (SD), Kassiano Tavares (PSD), Luciano Rio Lu (PDT), Maicon Cruz (PSC), Marcione da Farmácia (DEM), Marquinho do Transporte (PDT), Marquinho Bacellar (Solidariedade), Pastor Marcos Elias (PSC), Juninho Virgílio (PROS), Nildo Cardoso (PSL), Raphael de Thuin (PTB), Rogério Matoso (DEM), Silvinho Martins (MDB), Thiago Rangel (PROS) e Leon Gomes (PTD).

Após a posse, aconteceu a eleição para cargos da Mesa Diretora e da Corregedoria da Câmara para o biênio 2021-2022. O vereador Fábio Ribeiro (PSD) encabeçou chapa única e foi eleito presidente da Casa de Leis com 24 votos favoráveis. Marquinhos Bacellar (Solidariedade) se absteve.

Leia aqui: Fábio Ribeiro é eleito presidente da Câmara

Após ser eleito, Fábio Ribeiro assumiu a presidência e deu prosseguimento à cerimônia, conduzindo a posse do prefeito Wladimir Garotinho e do vice Frederico Rangel.

Primeiro discurso de Wladimir

Wladimir fez seu primeiro discurso como prefeito:

“Quero primeiro agradecer a Deus por esse momento, em que eu coloco a minha vida à disposição do meu povo e da minha cidade. Agradecer à minha família, meu pai, minha mãe, meus irmãos, a minha esposa, meus filhos. Sem vocês eu não teria a base necessária para enfrentar todos os desafios que enfrentamos para chegar até aqui. Agradecer ao povo de Campos, que no seu sofrimento, em um momento muito difícil da história de Campos, com o povo sofrido, me escolheu para ser o seu representante e dar a esperança de dias melhores. Nos últimos anos tivemos um governo que foi forte com os fracos e fraco com os fortes. E é isso que nós temos que mudar. Um governo que acabou com a rede de proteção social criada pela prefeita Rosinha e seus antecessores, levou a Saúde ao caos, desrespeitou o funcionalismo, deixando de pagar a mais elementar das obrigações, que é o salário do servidor. É bom que os campistas saibam que a desordem e a falta de planejamento imperam em todos os setores da Prefeitura e que não será fácil, mas que eu não passarei quatro anos colocando a culpa no governo anterior, como meu antecessor fez. Tenho meus olhos voltado para frente. Tenho fé que, em breve, poderemos ver nossa cidade com um sistema educacional que funcione, com uma saúde que atenda às necessidades, e com o povo sendo protagonista da grande virada que daremos para reconstruir nossa cidade”, disse.

“Quero cumprir minha promessa de fazer um governo de verdade. Onde não haja espaço para injustiça, privilégios, desonestidade e outros comportamentos reprováveis. Tomarei minhas decisões sempre levando em consideração o bem estar da coletividade. Faremos um governo transparente e popular, com metas estabelecidas para todas as áreas da administração pública a fim de atingir o nosso objetivo: transformar Campos em uma cidade mais justa socialmente, mais moderna e capaz de enfrentar os desafios tecnológicos que, ao mesmo tempo, trazem oportunidades, mas também geral exclusão”, acrescentou.

Confira a coletiva de imprensa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *