Witzel quer antecipar reunião de governadores para tratar de petróleo e impactos do coronavírus

BRASÍLIA – O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, quer uma reunião extraordinária do Fórum dos Governadores para tratar dos preços baixos do petróleo, o coronavírus e os impactos na economia, informa O Globo.

Um encontro do colegiado está marcado para 24 de março. Witzel quer antecipá-la para a próxima quarta-feira, dia 18.

– Acabei de me reunir com o embaixador da Rússia manifestando a ele minha preocupação com essa disputa entre os países árabes e a Rússia. O que ele me disse é que eles trabalham com o preço do petróleo a US$ 43. Isso já é complicado para nós porque estávamos trabalhando com preço do petróleo acima de US$ 60 e o orçamento do Rio já tem déficit de R$ 10 bilhões. Com esse patamar, reduzindo preço do petróleo e do dólar, nós vamos ter problema – afirmou.

O governador completou que os problemas não serão apenas para o Rio, mas também para outros estados e para a Petrobras.

– O que vai impactar também no Orçamento da União. Então, é preciso que a gente comece a pensar em medidas alternativas de balanceamento disso para que os estados consigam sobreviver. Temos um fundo de reservas cambiais de mais de US$ 300 bilhões. Esse fundo pode ser usado. A Rússia também tem fundo de reservas cambiais de US$ 500 bilhões e mais um fundo soberano de US$ 100 bilhões. Vão usar isso para poder trabalhar com diferença de US$ 43 para US$ 37 no barril de petróleo – afirmou Witzel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *