Witzel pede estadualização do Porto do Rio em primeiro encontro com Bolsonaro

BRASÍLIA — Em seu primeiro encontro com o presidente Jair Bolsonaro após a posse, o governador Wilson Witzel entregou um documento em que pede ao governo federal a transferência da administração do Porto para o estado. Segundo ele, a medida é para tentar melhorar as condições de negócios no Rio.

— O Porto do Rio é muito importante para o estado, para o ambiente de negócios, para o turismo. Por isso, fiz um pedido ao presidente para que o Porto seja entregue ao estado ou que nós possamos ter uma maior parceria na sua gestão — anunciou Witzel.

No documento, o governo alega que, com a estadualização, o Porto vai atrair novas atividades econômicas, por meio de Parcerias Público-Privadas e Programas de Parceiras de Investimentos. Com isso, diz o texto, novos investimentos na construção de hotéis, por exemplo, vão fomentar o turismo na região que é “belíssima”, aumentando a arrecadação de tributos estaduais e federais. O pedido feito a Bolsonaro menciona o decreto 2.184/97, que autoriza o Ministério dos Transportes a delegar a estados ou a municípios, mediante convênio, a exploração de portos.

Fonte: O Globo

De sua opinião