VISA apreende 225 quilos de queijo em Campos

A Vigilância Sanitária (VISA) atuou na manhã desta quinta-feira (18/03) na Operação “Queijo Furado”, deflagrada pela Defesa Agropecuária Estadual. Os agentes estouraram um laticínio clandestino na localidade de Rio Preto, onde apreenderam um total de 225 quilos de queijos bolinha, mussarela e parmesão. A operação contou com o apoio do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Guarda Civil Municipal (GCM).

Durante a ação, os agentes identificaram no local a produção de queijo tipo mussarela, parmesão e bolinha, vendidos para churrasquinhos da cidade, em ambiente sem nenhuma higiene, utilização de materiais de construção em meio à fabricação, além de utilização de sal mineral de uso bovino para salga das peças.

Um fato que estarreceu os agentes foi encontrar soda cáustica no local de produção, um indício forte de fraude para adulteração dos queijos e risco claro de intoxicação e vetor de males à saúde do consumidor. Mediante os riscos iminentes à saúde do consumidor, os agentes autuaram o responsável e apreenderam e inutilizaram toda a produção encontrada.

De acordo com a chefe da Vigilância Sanitária, Vera Cardoso de Melo, “no momento em que o comerciante vende um queijo clandestino, ele não só coloca em risco a saúde pública, mas tira o espaço do produtor rural de Campos que produzem e vendem seus produtos de forma regularizada”, comentou Vera Cardoso.

A Operação “Queijo Furado” terá continuidade na região e em outras localidades do município a fim de apurar todas as denúncias recebidas sobre o funcionamento de laticínios clandestinos. A Vigilância Sanitária orienta a população que, em caso de irregularidades, denuncie através do telefone: (22) 98168-0244. O anonimato é garantido.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *