14/07/2024
Polícia

Vídeo: Ex-PM foragido do Maranhão mata secretário de Arraial do Cabo e acaba preso

O ex-policial militar Alfredo dos Santos Júnior, vulgo Velho, de 51 anos, que estava foragido da Justiça do Maranhão pela morte de um empresário devido a uma disputa pelo jogo do bicho foi preso na Região dos Lagos, na madrugada deste domingo (25), após matar o secretário municipal de Postura de Arraial do Cabo, na mesma região, que também é PM, Diego Veríssimo. O caso aconteceu após uma discussão entre os dois na cidade vizinha, Iguaba Grande.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que os dois iniciam um desentendimento e em seguida Velho saca a arma e atira contra o secretário, que revida, provocando uma troca de tiros no local. Ainda não há informações sobre a motivação da briga.

Após os disparos, Velho fugiu e Diego foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Iguaba Grande, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

Enquanto Velho deu entrada no Hospital Otime Cardoso dos Santos, em Cabo Frio. Segundo a prefeitura da cidade, o paciente foi transferido para o Hospital Central de Emergências (HCE), também no município. onde passou por cirurgia e encontra-se sob custódia, na Unidade de Pacientes Graves (UPG). O estado de saúde dele é estável.

Prefeituras decretam luto

Em nota, a Prefeitura de Arraial do Cabo informou que manifesta profundo pesar e tristeza pelo falecimento do Secretário de Posturas, Diego Veríssimo.

“Agradecemos ao servidor por sua inestimável contribuição e pelos serviços prestados à nossa cidade. O prefeito Marcelo Magno decreta luto de três dias no município, oferecendo as mais sinceras condolências e solidariedade aos amigos e familiares”, disse em comunicado.

A Guarda Municipal da cidade expressou condolências à família, amigos e colegas de trabalho. “Sua dedicação e contribuições serão lembradas com carinho. Descanse em paz”, lamentou o órgão.

A Prefeitura de Iguaba Grande também decretou luto de três dias no município. Diego era filho da diretora da Escola Municipal Prefeito Oscar Magalhães, Elza Maria Porto de Campos Veríssimo.

“A prefeitura oferece as mais sinceras condolências e solidariedade à família e agradece ao policial pelos inestimáveis serviços prestados à sociedade. Informamos, ainda, que as aulas desta segunda-feira (26) na escola municipal Oscar Magalhães estão suspensas, retornando na próxima terça-feira(27)”, comentou em nota.

Jogo do Bicho e assassinato

Velho é acusado de envolvimento no assassinato do empresário goiano Bruno Vinícius Nazon de Moraes, de 30 anos, junto com José Gomes da Rocha Neto, o Kiko, de 42 anos. A vítima foi morta a tiros no dia 12 de fevereiro de 2021, na Avenida Litorânea, em São Luís, no Maranhão.

Na última quinta-feira (22), o Disque Denúncia divulgou um cartaz pedindo informações sobre a localização dos dois.

De acordo com as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público do Maranhão (MPMA), as motivações do crime teriam sido o mercado de apostas esportivas e disputas pelo jogo do bicho da região. Contraventores do Rio de Janeiro teriam participação, como mandantes, na morte do empresário goiano.

Ainda segundo o inquérito, o crime foi encomendado por Márcio Augusto Guedes Gregório, vulgo Márcio Careca. Ele é gerente do “Para Todos Rio”, nome pelo qual é conhecido o grupo de contraventores do Rio.

De acordo com a denúncia do MP, Bruno foi até o Maranhão para divulgar dois sites de apostas em jogos de futebol que pertenciam ao grupo dele e também o jogo do bicho, caça-níqueis e apostas.

Os promotores apuraram que tal atitude desagradou aos contraventores do Rio. Por conta disso, Careca teria encomendado aos matadores de aluguel, Velho e Kiko a morte do empresário.

Contra Alfredo Júnior, excluído da Polícia Militar em 19 de maio deste ano, em razão desse crime, constam quatro mandados de prisão pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, sendo três pela Justiça do Maranhão e um pelo Rio. E no caso de Kiko, ainda consta um mandado pela Justiça do Maranhão. Ele continua foragido.

Fonte: O Dia

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *