União Brasil oficializa pedido de registro do partido junto ao TSE

ACM Neto, presidente nacional do DEM, e Luciano Bivar, do PSL

O União Brasil, partido que resultará da fusão do DEM com o PSL, apresentou, nesta terça-feira, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o pedido de registro da legenda, informa o blog de Bela Megale, de O Globo. Esse é o primeiro passo da sigla junto à Justiça para que possa efetivamente entrar em campo nas eleições do ano que vem. O relator do processo é o ministro Edson Fachin.

A expectativa entre os articuladores do União Brasil é que, entre fevereiro e março, o registro seja aprovado pela corte eleitoral. Com isso, a sigla estará apta a receber novos quadros na janela partidária, que é em abril de 2022. A janela partidária é o prazo para que candidatos mudem de partido sem risco de perderem o mandato.

A coluna teve acesso ao documento protocolado. Nele, advogados que representam o União Brasil pedem “o registro do estatuto e do programa partidários, aprovados na Convenção Nacional realizada no dia 06 de outubro”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *