24/06/2024
Campos

UBS do Jóquei disponibilizada para abrigar policlínica da Polícia Militar

O prefeito Wladimir Garotinho colocou a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jóquei à disposição da Polícia Militar para abrigar os serviços que eram prestados na policlínica da corporação, que foi destruída por um incêndio neste sábado (4).

Na manhã de hoje (domingo, 6), o subsecretário de Saúde, Marcos Gonçalves, acompanhou a equipe da Diretoria Geral de Saúde (DGS) da PM, que veio do Rio de Janeiro para visitar equipamentos com estrutura para montar, provisoriamente, uma policlínica até que a outra seja reconstruída. Entre os equipamentos visitados, a equipe foi conferir a estrutura da UBS do Jóquei, que estava fechada desde o governo passado e passava por reforma.

“Um incidente lamentável, não sobrou nada da policlínica. Estou aqui porque o prefeito Wladimir determinou que a Prefeitura dê todo apoio à corporação para conseguir restaurar o atendimento aos policiais e seus dependentes o mais breve possível. Já estamos com uma unidade disponível, a do Jóquei e, junto com a diretora Geral de Saúde, Lenise Durão, vamos analisar a situação dessa unidade e fazer o que for necessário no sentido de deixar a UBS apta ao atendimento. Se o Comando Geral da PM decidir pela unidade, começamos a promover as obras necessárias amanhã mesmo”, comentou o subsecretário.

Acompanhando a equipe da DGS, também visitaram a UBS do Jóquei o comandante do 6º Comando de Policiamento de Área (CPA), coronel Rodrigo Ibiapina, e o comandante do 8º BPM, coronel Ricardo Alexandre Cruz, além de outros policiais militares.

“Vamos aguardar a perícia para avaliar o incêndio e pensar onde a gente vai ficar para substituir o atendimento aos policiais. Vamos procurar as opções que a gente tem para não prejudicar o atendimento que era prestado pela policlínica. A intenção é suprir esse atendimento o mais rápido possível. Temos clínicas credenciadas, mas que não dão o suporte total de que a gente precisa. Então, vamos identificar o melhor lugar para instalar temporariamente a policlínica, até ela ser reconstruída”, contou a diretora do DGS, que seguiu da UBS para vistoria em outros equipamentos.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *