TRE-RJ mantém inelegibilidade de Rosinha

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) manteve por oito anos a inelegibilidade da ex-governadora do Estado, Rosinha Garotinho (Patriotas), e a condenação por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016. Segundo a decisão desta quarta-feira (25), ela participou de uma suposta concessão e distribuição do programa assistencial “Cheque Cidadão” em Campos nas eleições de 2016.

Cabe recurso no Tribunal Superior Eleitoral. O advogado da ex-governadora, Carlos Azeredo, informou que vai recorrer. A defesa de Rosinha ainda afirmou que ela tem sido alvo de perseguição política e que, no caso do julgamento da ex-governadora, sequer houve perícia nas provas.

O TRE-RJ também manteve a inelegibilidade, por oito anos, do ex-vice-prefeito Dr. Chicão, do ex-secretário de comunicação Mauro Silva e outras duas pessoas entre membros do governo e outros dois candidatos na eleição de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *