22/05/2024
Campos

Travessão recebe força-tarefa para combater o mosquito da dengue

Travessão recebeu, nesta quinta-feira (14), mais uma edição do Faxinão da Dengue. A ação, que conta com o apoio de outras secretarias e órgãos públicos, levou para as ruas do distrito 92 agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que capitaneou a atividade. Os agentes, que se concentraram em frente à Escola Municipal Albertina Venâncio, visitaram 1.393 imóveis e vistoriaram 138 terrenos baldios.

Conforme balanço do Faxinão, 319 imóveis precisaram de tratamento, 85 focos foram encontrados e eliminados e 95 pneus recolhidos. Ao todo, 100 sacos de lixo foram utilizados para recolher inservíveis e cinco caixas d’água foram inspecionadas e tratadas.

A agente de combate a endemias, Simone Gomes, iniciou os trabalhos e classificou o momento atual como crítico. Ela afirmou que sempre conversa com os moradores para que ajudem na batalha contra o mosquito transmissor da dengue.

“No momento atual, com vários sorotipos de dengue que já existem, procuro sempre dar atenção a crianças e idosos, que considero serem os mais vulneráveis e, ao mesmo tempo, os que mais nos ajudam em suas casas. A informação é a melhor arma que a gente tem”, explicou.

Simone encontrou a casa do técnico em agropecuária, Herval Pereira, em perfeitas condições. Quintal limpo, bebedouro de animais higienizados e pneus em área coberta. “Observar é o segredo, não é? A gente faz a nossa parte, mas todos precisam fazer também, precisam cuidar do que é nosso é essencial”, detalhou Herval.

A dona de casa Carla Almeida também afirmou que o segredo é cuidar das casas sem esquecer todos os detalhes. “Não importa se um vizinho não cuida do seu quintal. Até importa, mas não podemos usar isso como desculpa, porque nós temos que cuidar, cada um tem de cuidar do seu quintal. Assim, cada um faz a sua parte e não fica pesado para ninguém”, disse.

Em palestra realizada na Escola Albertina Venâncio, o diretor do CCZ, Carlos Morales, afirmou que as crianças são os maiores multiplicadores que existem. “Nós sempre podemos contar com as crianças. Elas são os adultos de amanhã. Nós estamos trabalhando aqui e elas vão para suas casas e multiplicam esses ensinamentos para os seus pais”, disse.

E o diretor concluiu: “Travessão é mais uma localidade que recebe o Faxinão para que a gente possa com a ajuda de todos diminuir esse índice de infestação do mosquito, que está assolando a nossa comunidade. Seguiremos trabalhando para mudar esse quadro o quanto antes”.

Parque Guarus, Esplanada e agora Travessão receberam o Faxinão da Dengue nas últimas semanas. O próximo bairros a receber a ação será Tocos, na Baixada Campista, na quinta-feira (21).

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *