STF nega liberdade de Pezão

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes negou o pedido de habeas corpus apresentado pela defesa do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão.

Em seu despacho, Moraes afirma que “as razões apresentadas na decisão impugnada revelam que a decretação da prisão preventiva está lastreada em fundamentação jurídica idônea e chancelada pela jurisprudência do Supremo Tribunal Federal”.

Pezão está preso no Rio desde 29 de novembro. Ele foi detido nessa data no Palácio Laranjeiras, residência oficial do chefe do Estado, em 1 desdobramento da operação Lava Jato.

Confira a decisão: HC-liminar-Pezao

 

De sua opinião