Siprosep suspende greve, confirmando desgaste do movimento

“Estado de greve” aprovado nesta segunda-feira (13) pela entidade significa que os “atos radicais” estão interrompidos.

Conforme já era esperado, a direção do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos de Campos (Siprosep) anunciou, nesta segunda-feira (13), o início de um “estado de greve”. Na prática, significa que a entidade paralisou as “ações radicais” prometidas dias atrás e realmente comandadas pela presidente Elaine Leão.

No comunicado divulgado pela entidade, a presidente fala em retomar o diálogo, “após a Prefeitura, em carta aberta, acordar que retomaria as negociações”. Uma situação interrompida justamente devido à intransigência demonstrada pela direção do Siprosep.

Desde o início da sua administração, o governo Wladimir Garotinho deixou clara a sua posição de estar com as portas sempre abertas para o servidor. Mas que jamais poderia adotar medidas que pudessem configurar “irresponsabilidade”, considerando os rigores da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Mesmo antes e também depois do início das “ações radicais” por parte do Siprosep, o chefe do Executivo vem mantendo constantes reuniões com representantes de diferentes categorias do funcionalismo municipal, sempre com o objetivo de promover melhorias para o servidor, conforme vem sido amplamente divulgado.

Portanto, fica a torcida para que a senhora Elaine Leão adote, de agora em diante, uma postura de equilíbrio e maior consciência sobre os interesses coletivos. A atual administração municipal tem feito sua parte, desde o início de sua gestão. Quando todos agem de boa vontade, as chances de sucesso são bem maiores. BORA TRABALHAR ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.