SFI: Mais ações para minimizar consequências da tempestade de domingo

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI), por intermédio de diversas secretarias, segue atuando para minimizar as consequências da tempestade do último domingo (1º). Equipes trabalham no atendimento às famílias atingidas e maquinários concentram esforços para baixar o volume d’água.

Travessão de Barra, Gargaú, Santa Clara e Divineia são as localidades mais prejudicadas e ainda sofrem os efeitos das chuvas. Quedas de fio de alta tensão e a dificuldade no escoamento da água são os principais problemas. A municipalidade entrou em contato com a concessionária de energia elétrica solicitando equipes para as intervenções necessárias.

Famílias atingidas receberam a visita de agentes da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento (SMTDH) e Defesa Civil. Elas seguem sendo monitoradas pelos órgãos.

“Pedimos cautela e atenção aos moradores para que tenham cuidado. Temos equipes empenhadas em realizar o bombeamento da água para tentar amenizar o problema. Seguimos em alerta, pois a previsão de chuva prossegue até sábado (7)”, informou a prefeita.

Quanto à Santa Clara e Gargaú, o município pediu autorização ao Departamento de Estradas e Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ) para abrir uma vala em um trecho da rodovia estadual RJ-196, na altura da Usina de Energia Eólica, para direcionar a água acumulada para o mar.

Além disso, na próxima segunda-feira (9), a prefeita encaminhará pessoalmente ao Governo do Estado do Rio de Janeiro um projeto de drenagem e calçamento de ruas das proximidades da Escola Municipal Moranguinho, em Santa Clara. A medida visa obter recursos para a execução da obra. “Desde o início do ano, o Executivo Estadual tem sido muito solícito com os municípios prejudicados pelas fortes chuvas e SFI é um deles”, pontuou.

Ascom SFI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *