Seap encontra escuta clandestina escondida em luminária da sala de coordenador em Gericinó

O coordenador de Unidades Prisionais da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) encontrou um “grampo” clandestino em sua sala na quarta-feira (6).

Em nota, a Seap afirmou que o servidor decidiu, por conta própria, realizar uma varredura em sua sala, onde foi encontrado, na luminária, um equipamento de gravação de voz.

O caso foi registrado na 34ª DP (Bangu), na Zona Oeste do Rio. A Corregedoria do órgão já iniciou um procedimento para apurar os fatos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *