Saúde recebe nova carga de medicamentos para hospitais e UPHs

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) recebeu dois caminhões carregados de medicamentos na tarde desta sexta-feira (23). O material foi entregue por fornecedores e será um reforço para abastecer toda a rede — os Hospitais Ferreira Machado (HFM) e Geral de Guarus (HGG) e as Unidades Pré-Hospitalares (UPH). Segundo o presidente da FMS e secretário de Saúde, Abdu Neme, a farmácia está abastecida e não há falta dos principais remédios nas unidades.

– Acompanhamos a entrega desses medicamentos para reforçar o estoque de toda a rede. As farmácias estão abastecidas, sem o registro de reclamações. Eventualmente, recebemos algumas informações sobre a ausência de uma fórmula, mas logo buscamos a solução para atender da melhor forma possível a população – disse Abdu Neme.

Na lista entregue à FMS, há remédios muito procurados na emergência e urgência das unidades, como captopril, diclofenaco e dipirona. Há também outros mais específicos para UTIs e tratamentos médicos, como vasopressina e tazocin. “Não estava em falta, é apenas um reforço para abastecer os estoques. É um trabalho que sempre é feito para evitar a ausências na rede”, disse o presidente da FME.

Abdu Neme chamou a atenção para alguns remédios caros que a rede pública de saúde oferece nas unidades. Um exemplo é o actilyse, indicado para uso exclusivo hospitalar no tratamento do infarto agudo do miocárdio, embolia pulmonar aguda para tratamento do acidente vascular cerebral isquêmico agudo. O valor de cada unidade é de aproximadamente R$ 1,6 mil.

– Sou cardiologista e sei da importância desses remédios, que são caríssimos e difíceis de serem encontrados nos hospitais. Ficamos satisfeitos em saber que a rede municipal de saúde conta com esse tipo de medicamentos – avalia Abdu Neme.

Fonte: SupCom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: